O CONTINENTE AFRICANO GEOGRAFIA

 

A África está separada da Europa pelo mar Mediterrâneo e liga-se à Ásia na sua extremidade nordeste pelo Ínstmo de Suez. Seu ponto mais ao norte: Ras bem Sakka (Tunísia). O extremo sul africano: Cabo das Agulhas (África do Sul). O ponto mais ocidental: Cabo Verde (Senegal) e o ponto mais oriental: Ras Hafun (Somália).  Ao norte, a África é banhada pelo mar Mediterrâneo, a oeste, pelo oceano Atlântico, a nordeste, pelo mar Vermelho e a leste, pelo oceano Índico.

DOCUMENTÁRIO:CAMISETAS VIAJANDO- A HISTÓRIA DE ROUPAS DE 2ª MÃO E A DÍVIDA DO TERCEIRO MUNDO

Image

foto:http://www.google.com.br/imgres?q=camisetas+viajando+zambia&hl=pt-BR&biw=1001&bih=477&tbm=isch&tbnid=TBD1LscJH7FghM:&imgrefurl=http://corinthianosdacopa.blogspot.com/2010_06_01_archive.html&docid=TILCJIe8BWgNcM&imgurl=http://2.bp.blogspot.com/_zFmeHmd_Rr0/TBZTsNCtVYI/AAAAAAAAASE/MYxSpAdTN2I/s400/Zambia2.jpg&w=400&h=300&ei=to7ST_-NGcqe6AGR5pi0Aw&zoom=1&iact=hc&vpx=292&vpy=2&dur=1337&hovh=194&hovw=259&tx=170&ty=76&sig=101003483762257298028&page=2&tbnh=136&tbnw=181&start=8&ndsp=12&ved=1t:429,r:5,s:8,i:113

Sinopse

Partindo de uma loja de roupas usadas nos EUA, e chegando até uma distante e desesperada vila de pescadores em Zâmbia, no sudeste africano, o programa investiga o comércio de roupas de segunda mão e examina as crescentes desigualdades entre o primeiro e o terceiro mundo. Tudo começa nas ruas de uma cidade ocidental, onde as roupas são deixadas em caixas para caridade. Depois, são levadas a um distribuidor, que as embarca por tonelada e seguem até a Zâmbia onde um importador as vende a diversos negociantes.

http://tvescola.mec.gov.br/index.php?option=com_zoo&view=item&item_i

Este documentário mostra com a interferência dos países desenvolvidos é nocisa a estrutura econômica de um país, principalmente no caso do documentário, que deixa muito claro como a venda de roupas usadas acabou falindo as empresas textis daquele país. E os próprios operários desempregados acabam tendo como única fonte de renda vender essas roupas usadas.E a dívida com o FMI acelera mais a destruição da sociedade, pois o governo tem que pagar dívidas que nunca acabam e o dinheiro que deveria ir para projetos socias, escolas, criação de empregos entre outras investimentos no país vão para os países desenvolvidos que emprestaram o dinheiro.

Ana.

 

Colonização da África

África um continente com muita diversidade de povos, culturas, línguas  e riquezas, foram subjugados pelos europeus no século XIX,  a África foi partilhada conforme os interesses econômicos das potências européias, essa fragmentação resultou em um África pobre, cheia de conflitos que briga para se tornar um continente próspero.

Ana

Mensagem para o grupo

“O verdadeiro sucesso é encontrar o trabalho da sua vida na ocupação que você ama.”

(David McCullough)

Estou adorando os resultados!!!

Abraços.

Tutora Bethânia

AFRICA

África é o terceiro continente mais extenso (atrás da Ásia e da América) com cerca de 30 milhões de quilômetros quadrados, cobrindo 20,3 % da área total da terra firme do planeta. É o segundo continente mais populoso da Terra (atrás da Ásia) com cerca de mil milhões de pessoas (estimativa para 2005 ), representando cerca de um sétimo da população do mundo, e 54 países independentes.Apresenta uma grande diversidade étnica, cultural, social e política. Dos trinta países mais pobres do mundo (com mais problemas de subnutrição, analfabetismo, baixa expectativa de vida), pelo menos 21 são africanos.Apesar disso existem alguns países com um padrão de vida razoável, mas não existe nenhum país realmente desenvolvido na África.A Líbia, Maurícia e Seicheles têm uma boa qualidade de vida. Ainda há outros países africanos com qualidade de vida e indíces de desenvolvimento razoáveis, como a maior economia africana, a África do Sul e outros países como Marrocos, Argélia, Tunísia, Cabo Verde e São Tomé e Príncipe.fonte:http://pt.wikipedia.org/wiki/%C3%81frica

 

letra da música África- toto

África

Ouço os tambores ecoando nesta noite
Mas ela ouve somente sussurros de alguma conversa discreta
Ela está chegando no voo das doze e trinta
As asas iluminadas pelo luar refletem as estrelas que me guiam para a salvação
Parei um velho no caminho
Na esperança de encontrar algumas palavras esquecida ou melodias antigas
Ele se vira para mim como se fosse disesse, “Depressa garoto, tudo está esperando você lá”
(Refrão)
Vai ser preciso muita coisa para me afastarem de você
Não há nada que uma centena de homens ou mais possa fazer
Abençoo as chuvas que caem na África
E vai levar algum tempo para fazer as coisas que nunca fizemos
Os cães selvagens uivam na noite
Enquanto ficam mais inquietos, esperando uma companhia solitária
Sei que devo fazer o que é certo
Evidente como o Kilimanjaro ostentar-se como o Monte Olympus sobre o Serengeti
Busco curar o que está bem aqui dentro, temendo esta coisa que me tornei
(Refrão)
Depressa garoto, ela está esperando por você lá
Vai ser preciso muita coisa para me afastarem de você
Não há nada que uma centena de homens ou mais possa fazer
Abençoo as chuvas que caem na África, abençoo as chuvas que caem na África
Abençoo as chuvas que caem na África, abençoo as chuvas que caem na África
Abençoo as chuvas que caem na África
Vai levar algum tempo para fazer as coisas que nunca fizemos

Hello world!

Welcome to WordPress.com! This is your very first post. Click the Edit link to modify or delete it, or start a new post. If you like, use this post to tell readers why you started this blog and what you plan to do with it.

Happy blogging!